sábado, 5 de setembro de 2009

O mundo e o Paraíso

Porque o mundo é tão mundo e não é o paraíso?

Me pergunto isso quase todo dia. Porque as pessoas têm que trabalhar 10 horas por dia e não têm tempo de ir a praia pegar uma cor? (use filtro solar, Bial)
Graças a Getúlio, os trabalhadores do nosso Brasil devem trabalhar no máximo 8h por dia. Na minha época de estagiário, eu ficava 9h facilmente trabalhando e resolvendo pepino dos outros. OBS: Nunca ganhei a mais pra isso.

Quando era criança meu sonho era entrar pra Academia Brasileira de Letras, ser um imortal e escrever melhor que Machado de Assis. Se o mundo fosse um paraíso, eu conseguiria. Mas como o mundo é tão mundano, Collor entra pra Academia Alagoana de Letras e Sarney é imortal da Academia Braslieira de Letras. Quem já leu um livro sequer dos dois?

Hoje em dia, só caminho para o paraíso. Me esforço para escrever bem e ser bem entendido. Afinal, é disso que vivo. Se por um ou outro verso meu você identificar uma tensão de romantismo, não se espante, é disso que é feito o mundo. Por mais que ele seja mundano, sempre há uma pitada de romance para nos fazer esquecer da nua e crua realidade: o paraíso não é aqui.

Bom sábado à noite para todos os cantos do mundo.

Abraços para que fica,

Guto Pina

2 comentários:

Dênis Rubra disse...

"Hoje em dia, só caminho para o paraíso. Me esforço para escrever bem e ser bem entendido. Afinal, é disso que vivo. Se por um ou outro verso meu você identificar uma tensão de romantismo, não se espante, é disso que é feito o mundo"

O mundo não é o paraíso, mas também não é o inferno.

Parabéns, Guto.

Jefferson de Morais disse...

"... Collor entra pra Academia Alagoana de Letras e Sarney é imortal da Academia Braslieira de Letras".
Isso é realmente um absurdo!
Enquanto nosso saudoso Mário Quintana - não sei pq motivo - não ingressou na ABL, tão vendendo cadeiras à beça para ir ad immortalitatem...
Mas, o que me consola é que "o mundo não é um paraíso, mas também não é um inferno", né? Como o meu amigo Dênis disse.
Jefferson.